Home Colunas Premiações | Globo de Ouro 2021 – Os Vencedores

Premiações | Globo de Ouro 2021 – Os Vencedores

por Iann Jeliel
1534 views (a partir de agosto de 2020)

Nessa noite de 1º de março de 2021, ocorreu a 78ª cerimônia de entrega do Globo de Ouro. A primeira na história em formato híbrido, com anúncios presenciais e a recepção dos vencedores apenas pelo ambiente virtual, por conta do contexto de pandemia. Decisão que acabou sendo vantajosa para a premiação, que teve uma dinâmica bem mais ágil e objetiva na distribuição de tempo para cada discurso, o que resultou num término de cerimônia bem mais cedo do que o normal. Falando nela, de modo geral, no mínimo foi mais surpreendente e bem menos política que as dos últimos anos, comentarei mais a frente em detalhes. Segue abaixo a lista completa dos indicados e vencedores em todas as categorias. Para cada indicado/vencedor, haverá um link direto para a crítica do site (os que ainda não estiverem disponíveis, quando sair a crítica, serão devidamente atualizados), além de links para todo o material criticado de cada ator e atriz indicados nas categorias de atuação.
.

Homenagens

Prêmio Cecil B. de Mille

Esse prêmio é uma espécie de Oscar Honorário, atribuído individualmente a quem contribuiu de forma significativa ao longo de sua carreira no mundo do entretenimento.

Prêmio Carol Burnett

  • Norman Lear

Recém-criado em 2019, é um honorário de carreira também, só que para homenagear os grandes nomes da história da TV.
.

Televisão

Globo de Ouro

Desconsiderando a parte de Better Call Saul ser ignorada já nos indicados e para a surpresa de ninguém, também nos poucos prêmios que poderia ganhar (me atentarei a injustiças, portanto, somente no recorte de indicados), na parte da TV não houve muitas surpresas. The Crown se consolidou como a grande favorita arrastando basicamente todas as premiações de drama. Schitt’s Creek fez o mesmo para comédia, embora não tenha levado Melhor Ator, na grande surpresa na parte de séries, Jason Sudeikis levando por Ted Lasso. O Gambito da Rainha acabou superando Small Axe e The Undoing na disputa com as minisséries, e com muita justiça, agraciando também Anya Taylor-Joy ao prêmio de atriz. No geral, sem reclamações a fazer por aqui, até porque teria que ver mais das séries indicadas.

Melhor Atriz Coadjuvante em Séries

Melhor Ator Coadjuvante em Séries

Melhor Atriz em Série Limitada ou Filme Para a TV

Melhor Ator em Série Limitada ou Filme Para a TV

Melhor Atriz em Série de Comédia ou Musical

Melhor Ator em Série de Comédia ou Musical

Melhor Atriz em Série de Drama

Melhor Ator em Série de Drama

Melhor Série Limitada ou Filme Para a TV

Melhor Série de Comédia ou Musical

Melhor Série de Drama

.

Cinema

Globo de Ouro

Há muito o que se comentar aqui, portanto, vamos falar do que não precisa ter tanta ênfase primeiro. Era óbvio que Soul iria ganhar trilha e melhor animação. Justo? É… Ainda que preferisse muita coisa de Dois Irmãos, não tem jeito, terei de aceitar porque esse será o recorte de toda a temporada. Aaron Sorkin ganhar melhor roteiro deu o indício de barbada para o restante da temporada, pelo jeito, Mank continua sem força nenhuma mesmo, porque era a categoria em que poderia chegar. Borat superou Hamilton mais para não haver outra polêmica de um “não filme” ganhando ou porque de fato mereceu? Fato é que é difícil não ficar feliz pelo Sacha nas duas ocasiões. Gostei muito também da vitória da direção de Chloé Zhao, apesar de também previsível, afinal, era a grande favorita num cenário de três diretoras indicadas (imagine se nenhuma ganha?), ela foi super-humilde e simpática no discurso. De brinde, Nomadland recebeu melhor filme também, como mandava o figurino.

Indo agora para os mais importantes e diferentes. Tivemos pelo menos três grandes surpresas: Rosamund Pike, Jodie Foster e principalmente Andra Day, prêmios que ninguém poderia imaginar. Não sei até onde as duas primeiras podem ganhar força no restante da corrida, mas a última, que providenciou talvez a reação mais autêntica de toda a premiação, é para ficar de olho. Ela basicamente venceu a categoria que promete ser a mais forte do ano, em que todos os outros nomes soavam bem mais favoritos que o dela. Não à toa, a surpresa da atriz foi tão verdadeira, acho que ninguém, nem mesmo ela, esperava a vitória. Daniel Kaluuya é outro que fica ainda mais vivo na corrida, apesar de não ter tido tamanha concorrência. Fechando as atuações, um momento previsível, mas extremamente tocante na vitória póstuma de Chadwick Boseman, com o lindo discurso de sua esposa, Taylor Simone, algo que provavelmente irá se repetir em outros momentos na temporada. Com esse prêmio, Boseman é amplo favorito. Por fim, falaremos da vitória de Minari em “filme estrangeiro”, ou melhor, “filme em língua não inglesa”. Tudo bem que, dentro dos parâmetros da categoria, não está errado, mas é muito conveniente logo depois da mudança recente, o americano evitando premiar filme de fora só porque há um de sua nacionalidade, apesar da outra língua. Se foi justo ou não, considerando os filmes, é outro debate, mas de longe esse foi o prêmio político mais contestável da noite.

Melhor Canção Original

  • “Fight for You” de Judas e o Messias Negro H.E.R., Dernst Emile II, Tiara Thomas
  • “Hear My Voice” de Os 7 de Chicago – Daniel Pemberton, Celeste
  • “Io Si (Seen)” de Rosa e MomoDiane Warren, Laura Pausini, Niccolò Agliardi – VENCEDORA
  • “Speak Now” de Uma Noite em Miami – Leslie Odom Jr, Sam Ashworth
  • “Tigress & Tweed” de The United States vs. Billie Holliday – Andra Day, Raphael Saadiq

Melhor Trilha Sonora

Melhor Animação

Melhor Filme em Língua Estrangeira

  • Another Round – Dinamarca
  • La Llorona – Guatemala / França
  • Minari – EUA – VENCEDOR
  • Nós Duas – França e EUA
  • Rosa e Momo – Itália

Melhor Roteiro

Melhor Diretor

Melhor Atriz Coadjuvante

Melhor Ator Coadjuvante

Melhor Atriz em Filme de Comédia ou Musical

Melhor Ator em Filme de Comédia ou Musical

Melhor Atriz em Filme de Drama

Melhor Ator em Filme de Drama

Melhor Filme de Comédia ou Musical

Melhor Filme de Drama

XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX

E aí, o que acharam dos vencedores? O que acharam da vitória de Minari? Quem foram os esnobados? Quem foram as maiores surpresas? Comentem aí suas opiniões!

Você Também pode curtir

32 comentários

Red Shins 22 de março de 2021 - 00:29

Infelizmente, os prêmios de televisão do Globo de Ouro nunca fizeram muito sentido. Eles raramente vão para shows depois de sua primeira temporada ou duas.

Por exemplo: Na temporada final de “Homeland”, Danes, uma última vez, desempacota sua capacidade de retratar alguém que está incessantemente andando na corda bamba, como sua personagem Carrie Mathison, que é presumida uma agente russa após sete meses de cativeiro na Rússia, passa por mais uma temporada tumultuada. O trabalho da atriz na segunda metade da temporada se destaca particularmente, com Carrie testemunhando e lamentando a trágica morte trágica de seu companheiro/amigo Max e (relutantemente) enfrentando seu antigo mentor e amigo de longa data Saul.

A série termina com Carrie assumindo como o ativo russo de Saul, realizando o que ela sempre fez de todo coração e melhor: servindo sua terra natal a todo custo. É uma brilhante e saudável virada final de Claire Danes, que merecem crédito por sustentar um desempenho ao longo de oito temporadas sem nunca reciclar velhos truques e táticas.

“Homeland” ganhou muito em suas duas primeiras temporadas e eles nunca mais a nomearam. Muito decepcionante.

Responder
Iann Jeliel Pinto Lima 28 de março de 2021 - 18:34

Realmente, o Globo de Ouro possui sérios problemas de critério.

Responder
santos 6 de março de 2021 - 16:10

Esperei alguém falar, mas parece que passou despercebido… Festival Eurovision da Canção não ser nem ao menos indicado como comédia/musical é a maior vergonha deste Bobo de Ouro.

Responder
Iann Jeliel Pinto Lima 10 de março de 2021 - 12:20

O Ritter deve concordar contigo. Eu, que escrevi a matéria, não vi o filme para fazer tal reclamação.

Responder
Andries Viljoen 6 de março de 2021 - 16:09

Espero que no Oscar a maioria dos vencedores se repita.

A vitória da Rosamund Pike foi reparação histórica principalmente com sua atuação em A private war como Marie Colvin (a melhor da carreira dela) que não levou sequer uma indicação na sua temporada. Gostei dela ter ganhado, acho que ninguém pode dizer que ela não merece.
E entre Jodie Foster e Rosamund Pike, acho que a maior surpresa seja Rosamund Pike, porque a Jodie Foster ao menos tem um (grande) nome. E talvez a maior surpresa de todas tenha sido realmente Andra Day para a categoria de atriz. Agora Maria Bakalova merecia demais esse prêmio!

A outra coisa que gosto do Globo de Ouro é o prêmio honorário deles. É a chance de homenagear grandes personalidades.
Até entendo a Academia passar a fazer a entrega dos Oscars especiais à parte por conta do tempo de transmissão, isso inclusive ajuda a premiar mais pessoas anualmente. Agora, o Governor Awards* é muito mal divulgado, você só vê partes da premiação pelo YouTube. Tenho certeza que a maioria da galera não sabe que o Jackie Chan venceu um Oscar, Donald Sutherland, Cecily Tyson, Myiazaki… Poderiam voltar a fazer a premiação durante o Oscar igual era antes.

Enfim, vamos aguardar o Oscar

* O Governors Awards é uma cerimônia anual apresentada pela Academia de Artes e Ciências Cinematográficas no Hollywood and Highland Center, em Los Angeles, na Califórnia.

Responder
Iann Jeliel Pinto Lima 10 de março de 2021 - 12:21

Concordo com as surpresas apontadas, mas acho que Jodie foi a maior. Porque era um filme que literalmente, ninguém havia falado, não tinha lançado ainda para ter lob nem nada. Maria Bakalova no entanto, ainda acredito que vira com força para o resto da temporada.

Sobre Rose, acho que ela deveria ter ganho por Garota Exemplar, ali sim, é sua melhor atuação. Comentando sobre os honorários, fiquei bem contente com a criação dessa para grandes nomes da TV. É uma oportunidade para as pessoas conhecerem mais da história televisiva também. Enfim, agradeço pelos complementos do seu comentário!

Responder
Breno. 5 de março de 2021 - 17:47

Chloé Zhao mereceu. Na torcida por ela no Oscar e que Eternos seja incrível.

Responder
Iann Jeliel Pinto Lima 5 de março de 2021 - 17:48

Na expectativa de Eternos ser bom também!

Responder
Giordano 3 de março de 2021 - 03:25

Better Call Saul, a melhor série do ano passado, esnobada? Eu não entendo, por qual motivo uma temporada MARAVILHOSA daquela ficou de fora?? No mínimo pretendem corrigir no próximo ano, em que será o último da série, e premia-la com todo o garbo.

Responder
Iann Jeliel Pinto Lima 3 de março de 2021 - 03:26

PRECISAM corrigir. Não é possível.

Responder
santos 1 de março de 2021 - 22:30

Globo de Ouro é uma panelinha, os votantes enchem duas salas de aula e só.

Responder
Iann Jeliel Pinto Lima 3 de março de 2021 - 03:25

Panelinha mesmo.

Responder
Red Shins 28 de março de 2021 - 19:48

O Troféu Domingão Melhores do Ano também é a panelinha envenenada da tv globo.

Ao contrário do Trófeu Imprensa do SBT que é democrático ao premiar outras emissoras nacionais.

Responder
santos 30 de março de 2021 - 02:32

Não entendi a relação com o post…

Responder
Cesar 1 de março de 2021 - 16:18

Uau, surpreso com os jovens de the crown levando seus prêmios. Os dois mandaram bem demais, principalmente o Josh.

Por outro lado, essa categoria dramática de séries que outrora já foi algo de encher os olhos, agora definha. No mínimo, faltou BCS, Outlander…

Responder
Iann Jeliel Pinto Lima 1 de março de 2021 - 22:30

Rapaz, era até meio que esperado, visto a pouca força de BCS pra competir.

Responder
Victor Martins 1 de março de 2021 - 16:18

Achei justa a vitória da Rosamund Pike. Apesar do filme ser uma merda, a performance dela foi brilhante e icônica.
Primeiro grande prêmio da Anya Taylor Joy.

Glenn Close pelo visto vai perder de novo.

Responder
Iann Jeliel Pinto Lima 1 de março de 2021 - 16:18

Gleen Close já passou o Di Caprio no meme da esnobada. Não vi o filme da Rosamund, mas não duvido da sua atuação, ela é muito boa!

Responder
O Homem do QI200 1 de março de 2021 - 16:18

Feliz pela Jodie Foster, mesmo desconhecendo esse novo trabalho dela e esse Globo de Ouro não vi pq não vou da moral para uma premiação que esnoba Better Call Saul.

Responder
Iann Jeliel Pinto Lima 1 de março de 2021 - 22:30

Felizaço pela Jodie. É uma das minhas atrizes favoritas, já estou morrendo de curiosidade para esse filme agora!

Responder
Giordano 3 de março de 2021 - 03:25

Exatamente, nem fiz muita questão de acomopanhar esse ano. A série toda foi um primor, uma temporada à altura das melhores de Breaking Bad, e totalmente ignorada, em todas as premiações, bizarro.

Responder
Ana 3 de março de 2021 - 03:25

Comparar qualquer uma a Breaking Bad… não dá. Tão cedo não haverá algo no nível.

Responder
planocritico 3 de março de 2021 - 03:25

Better Call Saul já é melhor que Breaking Bad.

– Ritter.

Responder
Cahê Gündel 🇦🇹 1 de março de 2021 - 16:18

Não assisti porque ando de saco cheio de ver gente com fone de ouvido em tela dividida, mas Minari vencer filme estrangeiro foi meio absurdo, não? Diretor americano, ator principal americano, filmado nos EUA…sem falar que nunca na vida é melhor do que Druk. Anyway, ainda quero ver Nomadland e ver se é melhor mesmo que meu queridinho Mank.

Responder
Victor Martins 1 de março de 2021 - 16:18

Eu achei Minari melhor que Druk sim, apesar de ter achado Druk excelente também.

A atuação da Yuh Jung Youn é for the ages, e bem melhor que as últimas vencedoras nessa categoria (Laura Dern, King, Allison Janney, Viola… Zzzzzzzz).

Responder
Cahê Gündel 🇦🇹 1 de março de 2021 - 22:30

Eu gostei bastante de Minari, mas Druk me pegou mais. Não sei analisar atuação, mas até hoje não me conformo com a Regina King ganhando da dupla de A Favorita.

Responder
Iann Jeliel Pinto Lima 1 de março de 2021 - 22:31

Ali foi um caso que as duas ajudantes se atrapalharam, dividiram os votos e sobrou mais para a Regina. Tipo o que aconteceu com Amy Adams, na temporada que ela DEVERIA ter GANHADO por A Chegada e nem sequer ficou entre os indicados por dividir votos com sua atuação em Animais Noturnos.

Responder
Iann Jeliel Pinto Lima 1 de março de 2021 - 22:30

Mas aí é que tá, a categoria não é mais FILME ESTRANGEIRO e sim FILME EM LINGUA ESTRANGEIRA. Como Minari em sua maioria é falado em coreano, ficou a brecha, mas aí dá pra se discutir as intenções da mudança de nome na categoria. Sobre Nomadland to bem curioso pra ver também e estou super feliz com Mank levando pau, não gostei nada do filme.

Responder
Lew Martin 1 de março de 2021 - 22:30

tambem acho que o mank se apoia no ciadao kane, nao gostei… nomadland queria ver no cinema mas no caminho que nosso pais está

Responder
Iann Jeliel Pinto Lima 1 de março de 2021 - 22:30

Infelizmente não rola cinema ainda esse ano, pelo menos pra mim.

Responder
samuel marques 1 de março de 2021 - 10:41

Mais um ano e nada de Better call saul ganhar, quase não teve indicação, penso que o globo de ouro e o Emmy tenha algum tipo de preconceito em relação a spin-off ou só não ache que vale a pena incluir, porque mano que injustiça, uma obra tão incrível com tanta gente competente, deveria pelo menos ter ganho por melhor ator.
Em relação às outras indicações, ganharam aqueles que sabíamos que iria ganhar, The Crown, Gambito da Rainha, Schitt’s Creek, gostei do prêmio para Daniel kalluya, mas no geral foi mais do mesmo, enfim, normal.

P.S. No início do texto tem um pequeno erro em relação a data da premiação

Responder
Iann Jeliel Pinto Lima 1 de março de 2021 - 16:18

Obrigado! Devo ter viajado nessa data errada aí. Enfim, pra mim foi surpreendente as vitórias que comentei, realmente deram um frescor a premiação. O resto e esperado, não teve nenhum aparente absurdo, tirando essa questão do Minari bem discutível. E enfim, vamos ver se Better Call Saul na última temporada, vai ser esnobada de novo.

Responder

Escreva um comentário

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumimos que esteja de acordo com a prática, mas você poderá eleger não permitir esse uso. Aceito Leia Mais